Duroc - Raça Suína

Padrão da Raça
Foi a primeira raça a ser introduzida no país e, portanto, a que iniciou o melhoramento e a tecnificação da suinocultura brasileira. A rusticidade e a fácil adaptação a todas as regiões do país, fizeram com que seu uso em cruzamentos industriais propiciasse uma melhoria na qualidade da carne das raças brancas.

Já foi a raça mais registrada no PBB, hoje participa com 1,94% do total emitido no país, com previsão de manter esta participação.
1– Produtividade da fêmea
- Nº de leitegadas – 1.716
- Média de leitões nascidos – 9,74
- Média de leitões aos 21 dias – 8,69
- Peso médio da leitegada aos 21 dias (kg) – 52,60


2– Resultados de ETRS (Estação de Teste de Reprodutores Suínos), nos Estados do RS, SC e PR. Os animais são testados dos 30 aos 90 Kg.
- Idade (dia) – 136
- Ganho de Peso Diário (g) – 961
- Conversão Alimentar – 1: 2,48
- Espessura de Toucinho (mm) – 12,20
- Nº de animais testados – 21

3– Resultado dos Testes de Granja
(TG) nos estados do RS, SC, PR e SP. 
Os animais são testados do nascimento aos 154 dias de idade.


MACHOFÊMEA
Ganho de Peso Diário (g)622598
Espessura de Toucinho ajustada p/90kg (mm)13,5314,19
número de animais testados1.145676

Artigos Técnicos


Subir